2 Erros Que Você Não Sabe Que Você Está Cometendo Ao Estudar Inglês

0 Flares Twitter 0 LinkedIn 0 Facebook 0 0 Flares ×
esta imagem esta relacionada ao artigo que esta explicando os dois erros ao estudar inglês mais comnuns
Erros ao Estudar Inglês

Existem alguns erros ao estudar inglês que se forem corrigidos podem literalmente alavancar o seu desempenho.

Como a maioria dos estudantes, provavelmente você já tentou traduzir expressões da língua inglesa para o português e obviamente já avançou nos seus estudos antes da hora.

Tenho certeza que você já fez isso ou ainda faz.

Como eu sei que você já fez isso?

Simples, todos nós cometemos erros ao estudar inglês.

Eu mesmo cometi muitos erros quando estava começando a estudar inglês.

Eu achava que chegaria a fluência se aprendesse todas as regras gramaticais e decorasse milhares de vocabulários em uma semana.

Eu estava muito enganado.

Todos os dias eu lia um pouco de regras gramaticais.

Eu não estudava, eu apenas lia.

Entendendo ou não, eu sempre passava para a próxima regra.

Acontecia que em questão de dias eu esquecia todas as regras gramaticais que eu tinha lido.

Eu simplesmente perdi o meu tempo fazendo isso (eu não aprendi nada).

Eu esquecia tudo.

E eu esquecia porque eu não estudava, eu apenas fazia a leitura da matéria.

E quando você estuda outro idioma, obrigatoriamente você tem que dominar o conteúdo que você está estudando antes de passar para o próximo.

Quando estudamos outro idioma e tentamos “aprender” tudo o mais rápido possível, as únicas coisas que acontecem são:

  1. Não aprender nada
  2. Se confundir

Por isso estude com calma e só avance na matéria quando realmente entender o que estudou.

Não acumule dúvidas ao estudar inglês

Se você estiver com alguma dúvida, não avance antes de esclarecê-la.

Porque dúvidas são como uma bola de neve que só aumentam.

Isso no futuro irá te prejudicar muito, porque você ficará tão confuso que sempre terá que voltar e estudar a mesma matéria.

Algo que não seria necessário, se você tivesse estudado direito pela primeira vez.

Sei que no início é chato ficar parando para tirar dúvidas, mas você realmente precisa entender muito bem um conteúdo, antes de passar para outro.

Você também precisa estar constantemente repassando o que você já aprendeu (isso é um fato).

Muitas pesquisas já provaram que ao fazer revisões periódicas, as chances de absorver e memorizar o que você estiver estudando aumentam drasticamente.

Então se organize para estar constantemente revisando o que você já estudou.

Nesse artigo aqui eu dou uma excelente sugestão de aplicativo que pode facilitar muito as suas revisões.

Infelizmente a maioria das pessoas não faz isso; Eles tentam “estudar” tudo o mais rápido possível. 

O resultado disso é que mais cedo ou mais tarde começam a fazer confusão

Um exemplo bem claro disso é a dificuldade que os estudantes têm na hora de fazer perguntas em inglês.

Eles “conhecem” as regras, afinal eles “estudaram”, mas na hora de aplicar as regras em conversas reais do dia a dia, eles simplesmente esquecem e se atrapalham (isso porque não aprenderam direito, avançaram antes da hora)

Um erro muito comum que os estudantes cometem é o de “esquecer” de inverter o verbo to be na hora de fazer perguntas.

Em português nós não invertemos as palavras para fazer perguntas, simplesmente mudamos a entonação da frase.

Mas em inglês, precisamos fazer algumas alterações na frase para fazer perguntas.

Por exemplo:

É comum ouvir perguntas como:

Errado: You are watching the television?

‏ ‏ ‏ ‏              ‏Ao invés de:

Correto:  Are you watching the television?

Também é bastante comum os estudantes fazerem confusão com o “do” e “does”.

Muitas pessoas fazem uma afirmação usando uma tonalidade de pergunta; Isso não faz muito sentido em inglês.

Errado: You speak spanish?

‏ ‏ ‏              ‏Ao invés de:

Correto: Do you speak spanish?

O único jeito de você dominar isso por completo (em um nível subconsciente) é através de muita repetição e você não conseguirá fazer muitas repetições estudando com pressa.

Entenda que você não irá ficar fluente no inglês em poucas semanas; Então não há necessidade de correr com as coisas.

Estude com atenção, tenha paciência e não acumule dúvidas.

Tentar “estudar” tudo de uma só vez pode te prejudicar muito.

Outro erro muito mais comum do que esse e ainda mais perigoso que você pode estar cometendo, é tentar traduzir expressões e palavras literalmente do inglês para o português.

‏Eu só tenho uma coisa a dizer sobre isso.

Isso não funciona, portanto pare de tentar traduzir expressões do inglês para o português.

Você irá perder o seu tempo se tentar traduzir literalmente expressões americanas e britânicas para o português ou vice e versa, simplesmente porque você não encontrará lógica nas expressões.

O idioma de um país está diretamente ligado com a cultura do local; Então uma expressão que faz sentido em inglês, na maioria das vezes não irá fazer sentido em português.

Não tente fazer traduções, pegue o contexto e tente entender o que a expressão está querendo dizer dentro da situação.

Não traduza literalmente do inglês para o português.

Quando você começa a estudar outro idioma, acontece que indiretamente (ou até mesmo diretamente) você começa a aprender elementos da cultura dos países que falam a língua que você está querendo aprender.

Quanto mais rápido você aceitar que na maioria das vezes não haverá traduções para o português, mais rápido você atingirá a fluência em inglês.

Quando você começar a entender que a língua de um país está ligada a sua própria cultura, você começará a perceber que não irá adiantar ficar procurando equivalente entre um idioma e outro.

Você precisa se concentrar para aprender como eles usam o idioma no dia a dia; Fazendo isto, naturalmente você começará a assimilar o inglês.

Portanto pare agora mesmo de fazer traduções.

Tente fazer com que as expressões em inglês façam sentido para você sem a necessidade de fazer traduções.

Sei que agora isso parece difícil, mas se você for consistente nos estudos em pouco tempo você começará a assimilar as novas palavras sem a necessidade de fazer traduções.

Conclusão

Exige-se muito treino e paciência para dominar o inglês, como eu mostrei nesse artigo AQUI, pequenas alterações em sua rotina de estudo, certamente irão ajudar muito.

A primeira coisa que você tem que parar de fazer é tentar traduzir tudo ao pé da letra.

Aceite o fato que você não terá traduções para tudo.

Estude com calma e não acumule dúvidas; Cada dúvida acumulada é um passo para trás nos seus estudos.

Lembre-se que você precisa dominar muito bem um determinado tópico antes de passar para outro.

E caso você conheça alguém que esteja começando os estudos de inglês, faça um favor a ela e envie esse artigo a ela.

Este artigo certamente irá ajudar o seu amigo a cometer menos erros ao estudar inglês.

0 Flares Twitter 0 LinkedIn 0 Facebook 0 0 Flares ×